m4s0n501

Duplicação da BR-381 é anunciada pelo Governo de Minas

Ação Política — 1 de novembro de 2012 10:58
 

Depois de várias décadas, muitas promessas e pouco aporte financeiro da União, o governador Antonio Anastasia anunciou, ontem (31), ao lado do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, o lançamento do edital de licitação de obras de duplicação da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.

“A duplicação da BR-381 é a obra mais reivindicada pelos mineiros. Agora, enfim, uniu oposição e situação. Mais que uma promessa de governo ou de interesses políticos, é uma demanda latente. É o direito de ir e vir, sem arriscar a vida”, afirma a deputada estadual Luzia Ferreira (PPS).

As obras devem começar entre os meses de fevereiro e março. Serão contemplados 303 quilômetros, divididos em seis lotes, sendo duplicados 100 quilômetros de rodovia e previstas as construções de vários túneis ao longo do trecho.

Durante o encontro, o governador Antonio Anastasia lembrou que a duplicação da BR-381 é a prioridade zero de Minas em termos de rodovia federal e que a expectativa já era uma promessa de governo da atual presidente.

“Essa duplicação da BR-381 é uma obra emblemática. Na realidade, ela é prometida, reivindicada, discutida há décadas, e muitos até nem acreditam que esse momento chegará. E esses incrédulos, felizmente, vão perceber, a partir de fevereiro e março, já com as máquinas na estrada, o início desse projeto de duplicação, que é um processo complexo, muito caro, longo, mas que se iniciará”, disse o governador de Minas.

Os investimentos previstos nesta primeira etapa são da ordem de R$ 1,1 bilhão, do total de R$ 3,8 bilhões previstos pelo Ministério dos Transportes para a duplicação de todo o trecho.

Confira as obras previstas

- Duplicação do trecho entre o entroncamento com a MG-320 (para Jaguaraçu) e o Ribeirão Prainha, com extensão de 28,6 quilômetros;

- Duplicação do trecho entre o Ribeirão Prainha e o Acesso Sul de Nova Era, com extensão de 18,8 quilômetros;

- Duplicação do trecho entre o entroncamento de João Monlevade e Rio Una, com extensão de 33 quilômetros;

- Duplicação do trecho entre o entroncamento com a MG-435 (Caeté) e o entroncamento com a MG-020, com extensão de 18 quilômetros;

- Construção de túneis, nos dois sentidos da rodovia, em Rio Piracicaba, com extensão de 825 metros;

- Construção de túneis em Antônio Dias e Prainha, com extensão de 1.280 metros.

Licitação

O prazo para a entrega das propostas se encerra em 17 de dezembro. Passada a etapa de licitação dos seis lotes, a previsão é que as obras sejam iniciadas no primeiro trimestre do ano que vem.

O ministro ressaltou que os editais dos outros cinco lotes serão lançados até o fim de novembro. Com isso, 90% das licitações serão concluídas nos próximos meses. Os últimos dois lotes da obra, considerados mais complexos por se tratar de variantes sobre o rio Santa Bárbara, com extensão de 40 quilômetros, serão licitados apenas no próximo ano, pois estão na fase de projeto.

 
Tags: , , ,

2 Comentários

  1. Carlos disse:

    Mas é obra do governo federal ou do governo do estado? Quando a obra é anunciada é do governo do estado, quando não é feita é do governo federal?

  2. A obra será realizada em parceria com o Governo Federal e o Governo de Minas. É fruto de um conjunto de esforços para melhorar a qualidade de vida dos mineiros. Um abraço.

Comente essa matéria