Vantagens de pagar o seu cartão de crédito em dia e como fazer isso

Fazer o pagamento em dia do seu cartão de crédito e  manter a sua conta em boa posição e leva a uma saudável arquivo de crédito. A data de vencimento para pagamento no cartão é geralmente um par de semanas depois que a instrução é emitida, e empresas de cartão de crédito especifica que você deve pagar pelo menos o mínimo, por este tempo. Se não, você pode acabar sendo cobrada uma taxa de pagamento em atraso e encontrar uma marca negra em seu histórico de crédito. Este guia examina simples e eficaz dicas que você pode usar para evitar essas armadilhas e certifique-se de que seu cartão de crédito seja pago pela declaração de data de vencimento de cada mês.Quanto eu tenho que pagar todo mês?

O saldo

O pagamento mínimo devido a cada mês, ou de um percentual do saldo final ou um valor definido.
Uma percentagem do saldo final, geralmente em torno de 2% a 3%.
Como pagar a sua fatura do cartão de crédito na hora
Estas dicas são fundamentais para manter um bom histórico de crédito do cartão de pagamento.
Trabalhar com um orçamento

O orçamento é um primeiro passo para liquidação de seus cartões de crédito. Um orçamento permite fator seu cartão de crédito para pagamento em seu regular despesas, de modo que você tem bastante dinheiro reservado para fazer um pagamento na data devida. O objetivo deve ser sempre a pagar mais que o mínimo necessário, a cada mês, para evitar o excesso de cobranças de juros.
Se você está lutando para encontrar o mínimo pagamento mensal, você também pode usar um orçamento para ver onde o dinheiro já está indo. Em seguida, você pode fazer ajustes para os seus hábitos de consumo, a fim de atender o seu cartão de crédito pagamento. Por exemplo, se você costuma gastar R$100 por mês, no entretenimento, reduzir para metade a que lhe dará us $50 você pode colocar para sua dívida de cartão de crédito. Se a dívida realmente sério, você pode temporariamente a cortar algumas de suas não-essenciais despesas até que você tenha o seu saldo para um nível mais manejável.

Alterar a sua data de vencimento do pagamento

Se é uma questão de racionalização de suas finanças, poderá solicitar a alteração do seu extrato data de vencimento. Contacte a sua empresa de cartão de crédito e traga a sua data de instrução para a frente, ou para trás, de modo que o montante devido a data cai em torno de quando você é pago.
Uso do autoatendimento

A maioria das empresas de cartão de crédito fornecer-lhe com um débito directo ou "autopayment" opção. Você pode configurar isso para pagar o valor mínimo, total ou parcial do valor do seu cartão de crédito saldo de cada período de instrução. Com este serviço, seu transação conta é automaticamente debitado para pagar seu cartão de crédito no mesmo dia de cada mês. Isso garante que você sempre fazer o pagamento com declaração de data de vencimento.
Modificar a sua frequência de pagamento

Se você é pago semanalmente ou quinzenalmente, você pode fazer um pagamento em seu cartão de crédito assim que o dinheiro terras em sua conta bancária. Esta estratégia pode ajudar você a manter o seu orçamento para o cartão de crédito reembolso por tirar a tentação de gastar esse dinheiro em outras coisas antes de seu cartão de crédito, o pagamento é devido. Cartão de crédito, o juro é cobrado diariamente (mas calculado mensalmente), também poderia ajudar a reduzir o total que você paga no seu balanço para que a instrução período. Se a sua conta é do Itaú você pode atualizar Boleto Itaú pelo aplicativo do celular ou então pelo banco e mesmo depois de negociações os boletos são alterados para que você pague o valor acertado, é muito cômodo!

Definir lembretes de calendário e usar serviços bancários on-line


Aproveite o tempo para configurar as notificações do calendário e baixar os aplicativos de bancos para que você esteja informado sobre a sua situação financeira. Muitos de Internet e mobile banking oferta de serviços de lembretes sobre a sua conta – incluindo o pagamento devido datas – de modo a verificar para ver quais as opções que a sua empresa de cartão de crédito oferece e opt-in para eles se você frequentemente se esqueça de fazer um pagamento na hora.

Como a sua inadimplência afeta seu crédito

Os bancos e emissores de considerar o histórico de pagamento, quando a avaliar o seu risco de crédito e decidir se deve ou não aprovar a você para de crédito. Uma longa história-tempo de pagamentos sugere que você é um responsável e de confiança mutuário; um mau histórico de pagamentos sugere que você não pode pagar dívidas e pode resultar em um alto custo de perda para o banco ou emissor.

Ser não confiável com pagamentos é uma bandeira vermelha para instituições financeiras e várias coisas podem ocorrer quando você paga com atraso.Normalmente você vai ser cobrado uma taxa de atraso. Se você pagar a sua fatura do cartão de crédito de um único dia após a data de vencimento, você pode ser cobrada uma taxa de atraso na área que será refletido em sua próxima fatura. 

Os juros nos cartões são muito altos por tanto a pior coisa que você pode fazer é querer atrasar suas contas e nunca pague o mínimo do cartão, prefira outras formas de se livrar das taxas e contas atrasadas.


Suas taxas de juros podem subir. Pagar seus credores final pode resultar em um aumento em sua taxa de juros, muitas vezes redefinindo sua taxa de juros para uma pena (ou padrão). Sua taxa pode acabar em seu relatório de crédito. Se o seu pagamento for superior a 30 dias de atraso, as três principais agências de crédito são geralmente notificado, ou seja, o atraso no pagamento serão exibidos em seus relatórios de crédito. Um atraso de pagamento, em seu relatório de crédito pode ficar no seu relatório de crédito para sete anos.


Sempre tente negociar datas e valores sem ficar refém, a maioria das empresas se disponibilizam a dar um prazo a mais ou então maior flexibilidade para os clientes. Afinal, para elas é melhor receber alguma coisa do que nada. Grande parta da população brasileira é inadimplente

Dicas para fazer uma tatuagem

Muitas mulheres tem muita vontade de fazer uma tatuagem porém ainda sentem medo em relação ao o que fazer, como fazer, colorida ou não e tantas outras dúvidas.
Para início de conversa, na hora de fazer uma tatuagem feminina é preciso ter muita certeza do que se está fazendo, afinal, é algo com o qual você viverá pelo resto da sua vida, a não ser que faça a remoção dela, que além de dolorida é cara e demorada.

Escolha uma tatuagem que tenha um significado especial em sua vida, algo que tenha marcado algum momento muito importante e que deva ser lembrado sempre. Opte por tatuagens menores para iniciar a pintura no corpo, assim você pode ver se gosta e quanto tanto seu corpo suporta de dor.
Ao escolher o desenho, veja se o colorido ou a preta e branco te agradam mais, essa é uma questão de gosto e de personalidade, afinal, qualquer uma das duas precisaram ser retocadas constantemente. A tatuagem colorida é mais cara pois precisa de mais tinta, o valor varia do tamanho da tatuagem e do tempo demandado do profissional tatuador.

Alguns cuidados são necessários após a tatuagem feita, é preciso cobri-la com o papel filme transparente para que não haja uma possível infecção, afinal a pele ainda está aberta, use pomadas indicadas pelo seu tatuador para manter a pele hidratada e ajudar na cicatrização.
Uma dica importante e que é quase metade da qualidade da sua tatuagem, é a hora de escolher o profissional, escolha alguém de confiança ou que você tenha indicações, observe se o local é higienizado, se a agulha está esterilizada corretamente.

Após alguns cuidados que descrevemos acima, sua tatuagem só tem o destino do sucesso ao ser feita. Agora você já pode sair por aí exibindo sua nova arte no corpo.

As vantagens de ter um cachorro

Você já deve ter tentado adestrar seu cachorro para ele aprender a fazer determinadas coisas como pegar a bolinha, fazer xixi no local certo, não entrar dentro de casa e principalmente, não comer tudo que vê pela frente, não é mesmo?
Com o que você costuma presentear ele? Com comidinha ou com agrados? Já pensou que talvez a gratificação que ele queira não custa nada e é muito melhor para você e para ele?

Um estudo britânico descobriu que os cachorros preferem carinho a qualquer outra coisa como símbolo de compensação, os cachorros preferem afeto do que comida ou qualquer outro tipo de premiação.
Por meio de imagens feitas pela ressonância magnética para verificar o que era preferível, foi diagnosticado no cérebros dos cachorros de que eles preferem o carinho do seu dono do que qualquer outra coisa como prêmio por suas boas ações.
Durante a pesquisa foram oferecidos para os cachorros como prêmio alguns itens como cachorro quente, brinquedos e dai o carinho de seu dono. O resultado final disso foi de que os cachorros preferiram o afeto e atenção de seus donos.

Como prova, os cientistas colocaram os cachorros em um pequenos labirinto em forma de Y, no final de cada ponta havia o dono e na outra, um pote cheio de doces. A maioria preferiu correr até seu dono, somente os cães que na primeira fase optaram pela comida, foram para o pote de doces na segunda vez.
Essa pesquisa mostra para as pessoas como os cães podem ser utilizados mais do que simples enfeites e defensores de casa, podem muito bem ajudar em problemas por meio da terapia e também no policiamento da cidade.

E aí, agora já dá pra sonhar com cachorro e todas as vantagens de ter um pequenino desse sobre sua custódia?

O cachorro na história

Vamos falar hoje sobre a origem do cachorro, como foi seu desenvolvimento pela história e sua domesticação. Prontos?
O cachorro que nós conhecemos hoje, aquele que criamos em casa, tem a classificação de Canis lupus familiaris, é um mamífero considerado canídeo, uma subespécie do lobo, como se tivesse se desenvolvido. É o animal mais antigo a ser domesticado pelos homens e pela sociedade.

Alguns estudos e teorias apontam de que o cachorro se desenvolveu primeiramente do lobo cinzento asiático, que ao começar a ser domesticado pelos homens, foi passando por uma seleção artificial do que melhor se adapta a determinadas sociedades e grupos, o que resultou em uma grande quantidade de raças e tipos de cães adaptáveis para cada tipo de região, clima e até mesmo serventia.
Quando os cachorros não tem raça definida ou são uma mistura entre uma e outra, são reconhecidos como vira lata, ou mestiços.
Sua expectativa de vida varia de acordo com a raça, mas fica em média entre 10 até 20 anos de idade, sendo um animal sociável e muitas vezes considerado da família por algumas pessoas. Ao ir para a casa de um novo dono, ele escolhe uma pessoa da família para ser seu guia, ou como podemos chamar, o chefe da matilha, a quem ele obedecerá sem pensar duas vezes.

Os cães são conhecidos pelo seu olfato e audição aguçados, algumas raças são especialistas em caça, outros em pastoreio e outros para cão de guarda. O cachorro enfrenta alguns problemas que também são comuns em humanos como a depressão, gravidez psicológica, câncer, resfriado e quando vai ficando com uma certa idade, começa a ter problemas de visão e de audição também.

Por isso, é preciso sempre cuidar do seu melhor amigo, não importa a idade em que ele tenha, pois durante muito tempo ele te amou e sempre te amará.

Credibilidade

Com toda a informação que possuímos hoje em dia, precisamos sempre estar atentos para o que realmente é real.

Muitas pessoas acreditam nas notícias que recebem via WhatsApp ou até mesmo coisas que vêem no Facebook. Precisamos prestar a atenção se aquilo realmente aconteceu e muitas vezes, não tentar fazer justiça pelas próprias mãos com comentários desnecessários em redes sociais ou até mesmo no nosso perfil.


É preciso confirmar a informação em portais com credibilidade antes de sair por ai disseminando mentiras. Use sempre domínios de confiança como UOL, Globo, Gazeta do Povo, Folha de São Paulo, Folha de Londrina e tantos outros que já são nossos conhecidos de tempos.

Blogs que acompanhamos também precisam ser verificados, muitos inventam matérias com fatos e informações muitas vezes não verificadas. Quem pode garantir o conteúdo que lemos?

A internet é uma bela ferramenta de consumo de informação, de pesquisa e de socialização com outras pessoas ao redor do mundo que tenham os mesmo interesses que os nossos, mas é preciso muito cuidado para não cair em trapaças ou tramas falsas que possam nos prejudicar.

Pensando nisso, alguns sites tem reunido conteúdo de qualidade feito pelos próprios blogueiros. Muitos jornalistas tem sobrevivido disso nos dias atuais, é uma forma de disseminar a informação verdadeira e verificada por um outro portal, talvez não tão conhecido.


Muitos jornalistas não podem falar o que realmente pensam pois estão dentro de um regime ou empresa com algumas regras e muitos patrocinadores e investidores que precisam estar em alta. Porém com toda a tecnologia, guardar a opinião para si mesmo é algo que só quem quer faz.

Hoje é possível espalhar por aí conhecimento para todos com apenas um site feito por você mesmo.

Veja um exemplo que deu certo e até agora está fazendo muito sucesso nesse link: http://atelierasmeninas.com.br/ 

Hábitos Saudáveis Diariamente

Para se ter uma vida saudável, são preciso alguns hábitos diários e regulares para ter ficar com a saúde em dia, assim como o peso.

Pratique exercícios físicos, podem ser vários e de todo o tipo. Você pode começar devagar, andando ao redor da quadra da sua casa. Parece tosco, não é mesmo? Mas foi assim que comecei a mudar meu hábito de sedentarismo. Um dia me levantei do sofá em uma tarde ensolarada e comecei a dar algumas voltas com meu cachorro em volta do bairro. Conforme foi passando, isso foi se tornando um hábito.


Dai pra frente pensei, porque não começar a correr? Com todo o preparo e muito tempo de caminhada, após um ano eu já conseguia correr alguns longos minutos sem parar. Comprei um bom par de tênis de caminhada, assim como roupas adequadas para exercícios e fui em frente.

Perdi bastante peso, mas não somente isso, fui muito além. Minha saúde está muito melhor agora. Eu enfrentava alguns problemas sérios de colesterol alto, foram todos regulamentados após a minha iniciação no mundo dos exercícios.

Em conjunto com os exercícios, adotei uma dieta saudável com muita salada e poucos carboidratos. Não pense que fiquei sem comer algo que gostava, eu só tive que diminuir a quantidade em que comia e retirar por exemplo, o arroz do feijão, pois o nível de carboidrato ficava muito alto.


Diminuir o sal e sua dosagem na hora de temperar a comida também é uma boa dica, opte por azeites e temperos naturais como pimenta ou orégano.

Se você quiser mais dicas de como mudei de vida ou apenas conversar para ter uma força ou apoio, deixe um comentário ai em baixo que entrarei em contato para conversarmos.


Espero que esse meu pequeno relato consigo modificar a vida de pelo menos alguém que se encontre na situação parecida com a que eu estava.